Arquivo para setembro \30\UTC 2008

30
set
08

Letra, cor, formas, e algo vai se formando…

Buenas, outrapauteanos!

Meu primeiro post da semana.

Esta semana promete! Estamos chegando na 25ª edição, já!

Ontem os oficineiros e o Pro. Silvio se reuniram mais uma vez. A oficina esta indo de “vento em popa”. A cada semana surgem mais idéias mirabolantes de novas pautas, Outras Pautas. Dá até a vontade de transportar você, leitor, até aqui para ver o que está por “trás das câmeras”. haha Tem as conversas aqui na redação, as próprias reuniões de segunda, a tensão com furos de pautas ou com os textos que atrasam um pouco à chegar. Daí tem as questões de edição: corrige aqui, tira alí, troca esse chapéu. Mas, é nesse ambiente que as idéias vão se tornando paupáveis a cada segundinha. É isso aí, futuros,  jornalistas do Outra Pauta. Avante!

Ilustrando o post, vou deixar esse vídeo maluco, louco mesmo, não entendi ele, mas vou postar aqui porque é mucho legal! Por causa do vídeo, também, o motivo do título. Mas acho que representa essa movimentação semanal em torno deste super caderno.

Ah! Não vou esquecer de agradecer ao Leandro,  Bruna, Juliana pelos comentários. Parabéns para toda equipe, a cada um dos nove desajustados que escrevem belos textos semanalmente, à Mariana, também neste barco, à Bruna que continua firme e forte desde a primeira turma. Esqueci de alguém? Ah! Claro, Silvio Demétrio. Valewssss.

30
set
08

Brincando com coisa séria

Boa-tarde pessoal…

…como nem só de coisa séria vive o Outra Pauta, mas também de toda material criativo que rola pelo You Tube, hoje postamos um vídeo bem inteligente: imagine uma disputa de futebol entre os filósofos gregos e os alemães… super original

Ontem a oficina foi bem produtiva, tivemos uma boa notícia quanto a entrega dos certificados da primeira turma, logo contamos por aqui.

Agradecemos todos os comentários… e até breve!

29
set
08

Semana nova…

Bom-dia pessoal!

Semana nova e isso significa que mais uma edição é iniciada pelos nossos oficineiros. Hoje a tarde temos reunião e o ciclo se reinicia: discussão, pauta, pesquisa, escrita, revisão, diagramação, impressão…

E o Machado de Assis, agradou? Obviamente que sim, ele sempre agrada. Melhor reformolar a pergunta: o caderno sobre Machado de Assis, agradou? Esperamos as opiniões de todos.

Por enquanto, ficamos com um vídeo bem criativo, desses que a gente nunca teria oportunidade de assistir se não fosse o You Tube. É um curta que me agradou já no título “Curta-metragem metalingüístico de baixo orçamento” ou “Aceita mais café?”, vale a pena ver:

Até breve!

26
set
08

RETRANCA DE ASSIS…OPS..MACHADO DE ASSIS

Boas notícias, outrapauteanos.

Fechamos o caderno, sim (!!!!!!!!), procure abrigo, fique em casa, provável que o céu venha a baixo nesta sexta-feira… ahahhahaha. Ainda mais surpeendente é saber que o Outra Pauta está fechado desde logo cedo!!! hahahaha.

Outra boa notícia é que os textos estão muito fodásticos. Não são meros textos sobre Machado de Assis, são abordagens altamente criativas e inusitadas que só as mentes mais inquietas dos nossos oficineiros podem expressar. É algo entre a loucura e a paródia, entre a dúvida e as vías de fato. Só lendo, segunda-feira.

E, a terceira boa notícia é que saí Retranca domingo, e o temá é: Ele também era Jornalista. Sim, Machado de Assis: o Jornalista.

Muita culutra para o fim de semana e o começo da próxima. Nessa ordem: Domingão – Gazeta ALT e Retranca. Segundona – OUTRA PAUTA.

té.

26
set
08

O próximo tema é…

Bom-dia outrapauteanos!

Chega a hora de informar a todos qual é o tema do nosso próximo caderno, na verdade, o tema é uma pessoa. Certa vez, essa pessoa disse:

“Eu não sou homem que recuse elogios. Amo-os; eles fazem bem à alma e até ao corpo. As melhores digestões da minha vida são as dos jantares em que sou brindado”

Sabe de quem é a ironia fina? Ele mesmo, Machado de Assis. A data nos exigiu: o centenário da morte pede uma Outra Pauta. Então nossos oficineiros se debruçaram sobre o estilo, sobre a ironia, sobre o poder de narrar e envolver e surge a 24ª edição… espero que gostem!

Até breve…

25
set
08

A 23ª edição é pura saúde

Boa-tarde, outrapauteanos!

Demorou um pouco mas está aqui o PDF para download da 23ª edição.

A temática teve como eixo principal a discussão sobre a saúde pública de Cascavel.

Enquanto isso, estamos tentando fechar ainda hoje a 24ª edição. E neste domingo teremos Retranca.

Bom, vou deixá-los livre para a leitura do caderno, caso você não tenha lido durante a semana.

Até a próxima

25
set
08

Vale a pena ler de novo

Vocês devem ter reparado que já há algumas edições temos uma seção chamada Patch Work, trazindo, é a “colcha de retalhos” do Outra Pauta, os autores que fundamentam, inspiram e ensinam estão dando as caras nessa seção.

Resolvemos trazer os ilustres aqui para o blog também. É mais ou menos como “Um vale a pena ler de novo”, e nesse caso vale mesmo.  A idéia é que os visitantes comentem os textos, já que o blog possibilita isso… Os primeiros convidados foram Torquato Neto e Raoul Vaneigem, na 18ª Edição, olha o que eles dizem:

“Quando eu a recito ou quando eu a escrevo, uma palavra, um mundo poluído – explode comigo e logo os estilhaços desse corpo arrebentado, retalho em lascas de corte e fogo e morte (como napalm) espalham imprevisíveis significados ao redor de mim: informação. Informação: há palavras que estão no dicionário e outras que não estão e outras que eu posso inventar, inverter. Todas juntas e à minha disposição, aparentemente limpas, es~tao imundas e transformaram-se, tanto tempo, num amontoado de ciladas.

Uma palavra é mais do que uma palavra, além de uma cilada. Elas estão no mundo e portanto explodem, bombardeadas. Agora não se fala nada e tudo é transparente em cada forma; qualquer palavra é um gesto e em sua orla os pássaros de sempre cantam nos hospícios. No princípio era o verbo e o apocalipse, aqui será apenas uma espécie de caos interior tenebroso da semântica. Salve-se quem puder”.

(Torquato Neto na Geléia Geral de 8 de outubro de 1971)

“(…) ocupar espaço, amigo, estou sabendo, como você, que não está podendo haver jornalismo no Brasil e que – já que não deixam – o jeito é tentar, não tem outro que seja desistir. E eu sinceramente acredito que não está na hora de desistir: ou a gente ocupa e mantém a porra do espaço, para utilizá-lo, pra transar, ou a gente desiste. Eu prefiro o sacrifício”.

(trecho de uma carta de Torquato Neto a Almir Muniz reproduzida em “Torquatália – Do lado de Dentro” Ed. Rocco)

“A memória é uma ilha de edição”

(Mensagem gravada na secretária eletrônica do poeta Waly Salomão – meados da década de 90)

“A perspectiva da rendibilidade a todo o custo é a cortina de ferro dum mundo vedado pela economia. A perspectiva de vida, por seu turno, abre-se para um mundo onde tudo existe com vista a ser descoberto e criado. Ora acontece que a instituição escolar pertence ao mundo dos negócios, o qual pretende administrá-la cinicamente, deixando até de sentir-se perturbado pelo velho formalismo humanitário. Resta saber se alunos e professores se deixarão reduzir à função de engrenagens lucrativas, pois nada de bom prevendo uns e outros nessa gestão dum universo em ruínas a que são convidados, eles bem podem preferir aprender a viver, em vez de se economizarem.”

(Raoul Vaneigem, in “Aviso aos alunos do básico e do secundário” Editora Antígona)

Ah! Ainda hoje temos a edição sobre a Saúde disponível em PDF, vale a pena voltar aqui de novo.

Até logo!