Archive for the 'linguagem' Category

28
out
08

Doses homeopáticas de Bakhtin

Pré-post: Valeu pessoal que anda comentando geral ae! Já não estamos nos sentindo solitários…

Post: Mas agora vamos falar do assunto que realmente se refere ao título. Algo que me intrigava era que todo evento da área de linguagem que eu participava, todo trabalho que eu lia, todo professor que falava… recomendava o bendito do Bakhtin. Eu pensava: o que será que esse fulano falou de tanto? Parece até que ele é o dono das respostas de todas as perguntas.

Olha, em se tratando de linguagem, ele chegou perto. E como a palavra é a nossa ferramente de trabalho, as contribuições desse filósofo da linguagem podem ser bastante úteis para aumentar nosso nível de consciência no uso da língua…

Lendo alguns trechos do livro Marxismo e Filosofia da Linguagem, mais precisamente o capítulo 5, escontrei algumas frases phodas (ou fodásticas, como diria o Doug) que merecem destaque. Não tenho certeza se elas vão funcionar foram do contexto, mas vale a tentativa…

“Na realidade não são palavras o que pronunciamos ou escutamos, mas verdades ou mentiras, coisas boas ou más, impotantes ou triviais, agradáveis ou desagradáveis, etc. A palavra está sempre carregada de um conteúdo ou de um sentido ideológico ou vivencial”

“a língua não se transmite; ela dura e perdura sob a forma de um processo evolutivo contínuo”

“Os sujeitos não ‘adquirem’ sua língua materna; é nela e por meio dela que ocorre o primeiro despertar da consciência”

“Toda enunciação, mesmo na forma imobilizada na escrita, é uma resposta a alguma coisa e é contruída como tal. Não passa de um elo na cadeia dos atos de fala”

Bom, em se pensando que este livro é de um período onde o estruturalismo (que não conseguia ultrapassar o nível da frase) imperava, o cara era no mínimo mente aberta.

E vocês viram o que o Bakhtin falou né? Cada enunciado é um elo na cadeia dos atos de fala, então, não deixem que essa corrente se rompa… enunciados “comentarísticos” são bem vindos… Ah, quem se interessou pela obra eu tenho ela digitalizada, só pedir que eu mando no e-mail…

Hasta la vista…

Anúncios