Arquivo para agosto \31\UTC 2008

31
ago
08

Na expectativa…

Domingo. Noite. Os cadernos devem estar sendo organizados para ir para as bancas e para as casas dos assinantes uma hora dessas… como toda semana ficamos, um pouco ansiosos para ver o resultado nas mãos do leitor.

Amanhã temos reunião de pauta e entrega de uma “tarefa de casa” dada aos participantes, depois contamos mais detalhes.

Por enquanto deixo um vídeo, um curta produzido por acadêmicos de Cinema, que pergunta ONDE ESTÁ O BARULHO?

Múltiplas possibilidades de reposta amanhã, nas bancas!

Até!

Anúncios
29
ago
08

Manhã Sonora

Saudações!

Informe de utilidade pública:

Se você acordar na segunda-feira com um barulho diferente, não estranhe: é culpa dos novos oficineiros do Outra Pauta.

Mas não será um barulho desagradável. Se ouvirá uma pluralidade de sons distribuída em quatro páginas.

Na prova a nova turma até fez silêncio, mas agora, na edição que marca a primeira produção do grupo, a idéia é pintar uma paisagem sonora de vários ambientes da cidade. Ficaram curiosos né? Então é só esperar os sons da próxima segunda…

E para ilustrar esta expectativa, posto as fotos da reunião de Pauta.  A frente  o  professor Sílvio, na primeira fila  eu (Mariana),  Juliana, Rony, Andressa, Bruna e  Kethleen.  Na segunda fila Evandro , Leandro e Roberson.

Até breve outrapauteanos!

29
ago
08

Sexta Humana

Boa tarde pessoal

É sexta-feira e a produção da vigésima edição está a todo vapor! Agradecemos os comentários de apoio da Tatiane, Bruna, Juliane e Jorge. E também as outras visitas silenciosas que recebemos…

Deixamos uma taquicárdica indicação de site, o da revista Piauí. Podemos dizer que é uma das influências do caderno, cliquem aí, dá pra ver as edições anteriores:

http://www.revistapiaui.com.br/

Numa delas vi essa reflexão sobre poesia, e já que estamos inspirados após o comentário do blogueiro Jorge, posto aqui:

A fidelidade das coisas

A poesia acrescenta à biografia da civilização a sensibilidade de um homem que não foi derrotado pelo século que empreendeu, da forma mais completa e eficiente, a desumanização da espécie humana.

Zbigniew Herbert

Poético final de semana a todos

29
ago
08

Post-poema

Existe um filme do diretor japonês Shohei Imamura que se chama “A Enguia” e também existe um poeta carioca chamado Jorge Santos que postou um poema-convite-comentário em nosso blog dando um toque para todosvisitarem o blog onde ele publica sua poesia. Coloquei o blog dele na lista de links do Outra Pauta (Enguia Cega). Também estou entrando em contato com ele via e-mail para publicarmos o post-poema dele numa de nossas próximas edições – em nosso encontro de segunda-feira vamos desenvolver a idéia de fazermos pela internet uma entrevista com ele –  isso me ocorreu agora. Precisamos retribuir o convite dele de alguma forma – então publicamos  no Outra Pauta e enviamos depois pelo correio. O inusitado desse tipo de encontro já dá um gancho fantástico para o caderno. O que vocês acham? A próxima edição sai dia 8 de setembro – dia 7 o Google completa uma década de existência – isso dá um gancho e dispara uma nuvem de possíveis títulos para a matéria. Tudo em torno da poesia no contexto da internet. Evoé!!!

 

Prof. Silvio

28
ago
08

A primeira 19ª Edição

Boa-tarde, outrapauteanos!

Já começamos o dia com dois posts e agora…tcha tcha thcããÂÂ: a edição para download.

A 19ª edição marca o início da segunda turma da oficina Outra Pauta. O caderno desta segunda-feira trouxe os textos dos selecionados para compor o caderno Outra Pauta e tem como tema principal o Silêncio.

Vou fazer silêncio agora para sua leitura. Aproveite.

28
ago
08

Concreto

Bom dia pessoal…

Hoje é dia de postar o Pdf da última edição aqui no blog, faremos isso mais tarde.

As novidades é que a próxima edição já está bem adiantada e podemos perceber que todos os novos participantes estão bem entrozados entrosados (e inspirados!)… logo logo a temática desse próximo caderno,  será divulgada aqui no blog.

Por hora, deixamos um vídeo criativo para os que se intrigam com as possibilidades de significação da poesia concreta

Boa quinta-feira e até depois!

28
ago
08

outro blog: euadorosemiotica.wordpress.com

Olá pessoal

em função de estabelecer uma proximidade maior  com os alunos mais interessados nos temas das aulas de Semiótica dos cursos de comunicação onde trabalho , criei esta semana um blog para servir de apoio à disciplina. Como parte de um processo de programação neurolingüística (hehehe), nomeie-o assim euadorosemiotica.wordpress.com  (dessa maneira vocês vão ter de escrever isto sempre que forem acessar o blog, logo vão construindo uma aceitação desta inevitável disciplina de seus currículos acadêmicos… hehehe…hehehe…brincadeira) O dois primeiros posts que fiz no blog novo estão direcionados para o conteúdo da turma do segundo ano da FAG, com quem tenho aula na próxima terça-feira. Os alunos da Unipar na mesma disciplina, com quem trabalho na quinta-feira, estão num estágio mais avançado, dado que a estrutura do curso é anual e estamos discutindo o assunto há mais tempo – conforme a necessidade também vou utilizar o blog para disponibilizar algum material para o pessoal na Unipar. Todos aqueles que freqüentam o blog do Outra Pauta e que também se interessem pelas questões concernentes às teorias da linguagem, sejam bem-vindos.

Para comemorar, recoloco aqui um palíndromo que eu já havia postado logo no começo do blog do Outra Pauta, também conhecido como quadrado mágico e que em latim forma em todos os sentidos que se venha a percorrer sobre o quadrado a frase “sator arepo tenet opera rotas”, que é possível traduzir como ” o agricultor arepo conduz seu arado com mestria” – outra tradução mais esotérica pode entender a mesma expressão como “o criador, do paraíso, governa o movimento da criação” – fantástico não?! Se você clicar na figura do quadrado você será magicamente (hehe) transportado para o blog de semiótica. Também coloco um pouco mais abaixo um vídeo sobre o mesmo quadrado mágico (em italiano).

 

 

Aqui está um vídeo sobre esse estupendo legissigno simbólico remático que aparece reproduzido em algumas construções muito antigas e também em alguns sítios arqueológicos como o de Pompéia, onde os templários encontraram esta inscrição:

 Considerações palíndrômicas a todos os outrapauteiros de todas as origens e de todos os sentidos.

Prof Silvio