06
maio
08

misteriosa deriva

Linha de fuga

 

“A coragem está, entretanto, em aceitar escapar em vez de viver quieta e hipocritamente em falsos refúgios. Os valores, as morais, as pátrias, as religiões e as certezas privadas que nossa vaidade e nossa complacência para conosco nos outorgam generosamente, têm tantas moradas enganosas quanto o mundo arranja para aqueles que assim pensam manter-se, de pé e em repouso, entre as coisas estáveis. Eles não sabem nada dessa grande debandada em que se vão, ignorantes de si mesmos, no rumor monótono de seus passos cada vez mais rápidos que os levam impessoalmente num grande movimento imóvel. Escapamento diante do escapamento. [Seja um desses homens] que, tendo tido a revelação da deriva misteriosa, não suportam mais viver nas falsidades da morada”. (Gilles Deleuze e Félix Guattari em “O Anti-Édipo”, p.433)

Anúncios

0 Responses to “misteriosa deriva”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: